Rafael Cassio

O caminho para a aquisição da sua casa própria começa com o seu planejamento financeiro. Ao realizar a compra de um imóvel residencial, você poderá optar por financiar parte do valor devido por meio do financiamento imobiliário direto com o banco, optando pelos sistemas SFH ou SFI. Ambos possuem características distintas que devem ser avaliadas. Antes de sair em busca do melhor financiamento imobiliário, esteja a par de todas as possibilidades.

Entenda tudo sobre SFH e SFI, e defina qual a melhor modalidade para você.

 

Entenda agora o que é SFH

É o Sistema Financeiro da Habitação, ou simplesmente SFH, estabelecido e regulamentado pela lei nº4.380/64. Ele emprega recursos das contas poupanças ou as do uso do FGTS, para os financiamentos focados na aquisição ou construção de imóveis exclusivamente residenciais. O SFH é o sistema de financiamento imobiliário mais aplicado no nosso país.

Para mais informações sobre o Sistema Financeiro da Habitação – SFH, procure uma agência da Caixa Econômica Federal ou acesse o site: http://www.caixa.gov.br/

 

Características do SFH

  • O valor máximo da avaliação do imóvel residencial no Estado de Santa Catarina é de R$ 650 mil.
  • O limite máximo de financiamento SFH, são de 80% do valor do imóvel, incluindo as despesas acessórias. Se for empregado o Sistema de Amortização Constante – SAC, o limite torna-se de 90%.
  • O Custo Efetivo Máximo liberado para o contratante é de 12% ao ano.
  • A tarifa de administração mensal cobrada ao contratante não pode ultrapassar o valor de R$ 25,00.
  • O imóvel escolhido para o financiamento pode ser pronto ou um lançamento.
  • É permitido utilizar os recursos do FGTS.

É importante lembrar que o Custo Efetivo Total – CET, é diferente do Custo Efetivo Máximo. No primeiro, estão inclusos os custos relativo aos seguros de Morte e Invalidez Permanente – MIP, os Danos Físicos ao Imóvel -DIF e à taxa de administração mensal.

 

Simplificando o que é SFI

SFI é o Sistema de Financiamento Imobiliário, estabelecido e regulamentado pela lei nº9.514/97. Ele prioriza os financiamentos imobiliários que acontecem fora das regras do SFH no país. O sistema SFI, faz uso de recurso de eminentes investidores institucionais, que dispõem de relevantes ativos, tanto no Brasil, como em outros países. Esses recursos destinados aos financiamentos imobiliários são gerados a partir de fundos de pensão, fundos de renda fixa, bancos de investimento e companhias seguradoras.

A aplicação do financiamento imobiliário efetuado com uma operação SFI, ocorre através das condições do mercado. Isto é, a partir das práticas livres do mercado de financiamento imobiliário, mas com limites estabelecidos pelo código de defesa do consumidor.

 

Características do SFI

  • O imóvel escolhido para o financiamento pode ser pronto ou um lançamento.
  • Sistema de Amortização Constante- SAC ou Tabela Price.
  • Sem uso dos recursos do FGTS.

 

Qual é a diferença entre os sistemas SFH e SFI?

A diferença entre os sistemas SFH e o SFI está nos pré-requisitos mencionados a cima. Os contratos para os financiamentos imobiliários que não cumprem todos requisitos do SFH, são automaticamente passados para o sistema SFI. Além disso, a utilização do FGTS para o financiamento imobiliário só poderá ser feita em contratos dentro da modalidade SFH, segundo a resolução nº542, do ano de 2007, tendo algumas regras como citadas no artigo Saiba Como Usar o FGTS para Financiamento de Imóveis e Saia do Aluguel

 

O comprador é quem opta por um ou outro sistema quando o seu caso se enquadrar no SFH. Como o SFH possui mais vantagens, como a utilização dos recursos do FGTS e fazer parte do programa do Governo Minha Casa Minha Vida, ele é mais utilizado no nosso país. Entretanto, como há mais restrições para o seu uso, como o valor do imóvel adquirido ter um valor máximo, nesses casos, a saída é optar pelo sistema SFI.

 

Fique atento ao contratar qualquer tipo de financiamento. Deve existir um equilíbrio na relação vivente entre o banco e o consumidor. Não pode ocorrer cláusulas abusivas, venda casada e onerosidade demasiada para o consumidor.

 

Não importa qual o sistema de financiamento você optará. Seja o Sistema Financeiro da Habitação – SFH ou o Sistema de Financiamento Imobiliário – SFI, o importante é que nesse momento tão importante, a Rafael Cassio Assessoria Imobiliária estará ao seu lado te auxiliando em cada etapa do processo até a entrega das chaves do seu imóvel.

 

rafael-cassio-simule-seu-financiamento

Rafael Cassio

Presente no mercado imobiliário em Balneário Piçarras desde 2011, sempre oferecendo as melhores opções para compra de imóveis, seja para investimento em lançamentos ou terreno até nos imóveis prontos que a cidade já possui.

Bairro Itacolomi em Piçarras Tem sido Destaque na Cidade!
25 maio
Dicas de Piçarras Notícias

Bairro Itacolomi em Piçarras Tem sido Destaque na Cidade!

Diz a lenda das Ilhas Itacolomi em Piçarras que um casal se apaixonaram e viveram momentos maravilhosos de amor à […]

leia mais
Apartamento em Piçarras, Quanto Custa?
17 jan
Dicas de Piçarras Quero Comprar

Apartamento em Piçarras, Quanto Custa?

Nossa cidade está recebendo grandes empreendimentos, fazendo assim com que os apartamento em Piçarras proporcione o descanso que você procura, […]

leia mais